Cliquei no e-mail maliciosos (Phishing) e agora?

Diversas pessoas clicam em links maliciosos diariamente e muitas vezes, imperceptivelmente. Após o clique, você pode ser direcionado à uma falsa página de Internet (site) que contém pequenos programas maliciosos (malwares), auto executáveis que podem obter acesso remoto ao seu computador. Há casos em que a vítima é redirecionada a um falso site, muitas vezes parecidíssimo com o site original e fornece suas informações pessoais, sigilosas e bancárias que são rapidamente enviadas aos atacantes por meio de códigos (scripts) de redirecionamento.

Em outros casos, pode criptografar seu computador, bloquear o acesso a todos os arquivos armazenados e exigir que entre em contato para recuperar o acesso aos dados (este é o famoso ransomware) exigindo o pagamento em bitcoins para restaurar o acesso aos arquivos. E quais são os procedimentos para evitar que isso aconteça? A prevenção!

É simples, seguem as dicas:

– Não clique em links e não abra e-mails de origens suspeitas ou duvidosas. É necessário ter em mente que a maioria das empresas confiáveis não tratam de informações sensíveis através de e-mail (bancos, lojas virtuais, órgãos públicos e etc.)

– Não responda ou clique em links em e-mails que peçam informações pessoais, financeiras ou de contas.

– Verifique os cabeçalhos das mensagens. O endereço no campo De: e a referência Return-path precisam ser iguais.

– Seja sempre cauteloso.

– Tenha sempre em mente o uso de softwares anti-phishing e anti-malware para proteger-se contra as ameaças carregadas de conteúdos maliciosos.

– Ao invés de clicar nos links nos e-mails, vá diretamente às páginas digitando o endereço em seu navegador.

– Caso esteja em uma página segura, procure o “https” no começo do URL e o ícone de um cadeado em seu navegador.

– Mantenha atualizados o antivírus, spyware, navegador e atualizações de segurança de seu computador e execute verificações em seu sistema regularmente.

– Revise suas contas regularmente e verifique atividade não autorizada.

– Compartilhe os assuntos relacionados ao Phishing para seus familiares, adote a conscientização em Segurança da Informação como estilo de vida.
Na dúvida, não clique.

Marcus Vinícius Gouveia de Almeida

 

Uma resposta em “Cliquei no e-mail maliciosos (Phishing) e agora?”

A matéria previne do perigo de se clicar num link malicioso, mas não orienta no caso de o usuário já ter clicado. O que deve ser feito?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.